Reduzir, reutilizar e reciclar

*Patricia Saito

Há tempos preciso criar coragem para organizar meu guarda-roupa, mas desta vez tomei uma decisão: vou utilizar a regra dos três “R’s” de reduzir, reutilizar e reciclar para deixá-lo mais sustentável e prático. Em geral, as pessoas guardam peças de roupas que nunca usaram imaginando que um dia pode surgir a tal da dita oportunidade, até porque a moda vai e vem e uma roupa que hoje é considerada uma tendência pode virar brega amanhã; e tendência de novo na temporada seguinte. Resultado: guardamos aquela peça por anos e anos e não nos desapegamos, com a crença de que ela pode ser hitem algum momento.

Mas será que precisamos de tanta roupa? Ou melhor, será que necessitamos de novas roupas a cada mudança de estação? Quais são as peças consideradas coringas no seu guarda-roupa? O que combina com o seu estilo e o que foi comprado por impulso? Comecei a pensar nestas questões antes de colocar a mão na massa e imaginar a melhor maneira de fazer as minhas escolhas.

Reduzir – Quando a gente organiza as roupas por cor, tipo ou estilo fica mais fácil perceber as nossas preferências e também o quanto algo pode estar em excesso no guarda-roupa. Daí que nossas compras futuras podem ser mais conscientes, pois estaremos naturalmente convencidas de que NÃO precisaremos de mais uma saia preta, das seis que já temos estocadas. Ou o contrário, talvez valha a pena apostar em outro item que esteja realmente fazendo falta. Podemos reduzir o nosso consumo com uma simples organização das roupas e dos acessórios. E também conhecer o nosso jeito de ser e estilo nos ajuda a evitar as compras porque todo mundo está usando.

Reutilizar – Sempre escuto dos meus amigos que não costumo repetir roupas. Mas é um truque simples que utilizo com algumas peças-coringa. Basta ir combinando uma e outra com acessórios diversos que você garante um look diferente a cada dia. É possível também optar pela customização de peças, por exemplo cortando golas de camisetas ou encurtando vestidos, mas se você não tem habilidades manuais, melhor começar com a ajuda de uma costureira. Quem assistiu a The Runaways, viu a vocalista Joan Jett, interpretada por Kristen Stewart, transformar uma camiseta branca básica em uma peça super rock n’ roll, com tinta spray e alfinetes.

Reciclar – Já passou mais de um ano e você não usou aquela roupa. Talvez ela não tenha mais a ver com você, com seu estilo. Talvez esteja apertada ou grande demais. Talvez tenha a cara de uma amiga, colega de trabalho, vizinha, parente. Talvez ela possa ser doada e faça alguém feliz. Possa aquecer alguém no inverno ou refrescar no verão. Doar roupas é um ato de solidariedade e ainda vai garantir espaço extra no seu guarda-roupa.

Faça este exercício dos três “R’s”. Você vai perceber o quanto o ato de consumir pode se tornar mais consciente!

*Patricia Saito é jornalista e escreve sobre moda e sustentabilidade para o blog Costura Sustentável

Anúncios