Brechós em Londres

Depois de 13 dias andando para lá e para cá, posso dizer que desta vez conheci um pouco de Londres. Na primeira vez foram apenas dois dias divididos entre dois museus e a Oxford Street. Foi só um aperitivo. Nesta segunda jornada, com o mapa do metrô no bolso, garrafas e garrafas de água e pernas (bastante sedentárias, mas ávidas por novidades…rs), foi possível circular por várias zonas e ter uma visão mais realista de cada pedacinho da cidade.

Deixei para explorar os brechós mais no final da viagem, mas de cara percebi duas características muito fortes neste segmento: 1) existem brechós em quase todos os cantos de Londres e 2) a relação das pessoas com as roupas de segunda mão é muito natural. Isso faz com que comprar em brechós seja um acontecimento só para os turistas, mas não para quem mora aqui. O terceiro ponto foi uma impressão, mas estou confiante de que seja verdade: é caro demais! Fiquei namorando uma saia no Absolute Vintage, voltei num segundo dia decidida a levar e… custava 50 libras! Não comprei, mas essa era uma média de preços em vários lugares por onde passei.

Nestas minhas andanças, cheguei à conclusão de que o melhor lugar para explorar brechós é o East End. Passei um dia inteiro caminhando pela Brick Lane e são várias as opções!! Um dos mais legais era o Rokit London, com uma seção dedicada aos anos 20, 40…E sem falar no incrível Beyond Retro, que já havia comentado aqui no blog, e é mesmo de matar qualquer um. Não deu para esperar, mas ia rolar até showzinho no dia que passei por lá.

Além dos brechós, acabei descobrindo vários galpões onde estavam rolando algumas feiras vintage, dessas que você precisa estar no lugar certo e na hora certa. Não vou me lembrar dos nomes, mas todas nos arredores de Brick Lane. Dei sorte e durante a semana consegui  ver vários expositores do famoso Old Spitafields Market. Voltei no sábado para dar uma olhadinha com calma e infelizmente estava fechado, precisa mesmo acompanhar a programação no site.

Para finalizar, hoje fui até Hammersmith, pois acontecia a London Vintage Fair. Roupas incríveis e acessórios mais legais ainda. Tinha uma performance de uma cantora chamada Fiona Harrison e muita gente vestida em estilo anos 40. Quase que me transportei para aquela época e até encontrei achados por preços mais baratos.

Anúncios