Estudar moda sustentável no exterior

No livro “Moda & Sustentabilidade: Design para a mudança”  (Kate Fletcher e Lynda Grose, editora Senac) é possível encontrar alguns parágrafos dedicados a abordar o perfil do profissional que quer trabalhar com sustentabilidade na moda. Além de criativo, apaixonado por inovação e empreendedor, é importante também que conheça e tenha uma visão sistêmica de todos os processos envolvidos na cadeia têxtil e de confecções. Apesar das dificuldades que esta postura exige, em função dos aspectos técnicos envolvidos, é a única capaz de transformar verdadeiramente o sistema e permitir trocas, intervenções e aprendizados.

Pensando nisso, comecei uma pesquisa de algumas universidades que oferecem  formação a este respeito. Três cursos fora do Brasil me chamaram a atenção:

 

  • London College of Fashion

Centre for Sustainable Fashion

Infos: http://www.sustainable-fashion.com/

 

  • University of the Arts London

Central Saint-Martins

http://www.csm.arts.ac.uk/shortcourses/fashionandtextiles/summerschool/fashiondesign/sustainablefashion/

 

  • International University of Art for Fashion

Esmod Berlim

http://www.esmod.de/en/berlin/study-courses/ma-sustainability-fashion/

 

Apesar de acreditar que a sustentabilidade deve ser um tema transversal na grade curricular dos cursos de moda, também penso que cursos especiais podem ajudar o estudante a se aprofundar em algum assunto, a direcionar seus negócios e sua marca nesta direção. Além disso, os impactos sociais e ambientais da indústria têxtil e de confecções não podem ser ignorados e, por este motivo, precisam ser melhor conhecidos por quem tem interesse em trabalhar neste segmento.

 

Anúncios