A Vintage Fair do Circus

Público que veio visitar a Feira e ocupou a rua Pamplona

Público que veio visitar a Feira e ocupou a rua Pamplona

A Pamplona é nossa!!! Essa era a sensação ao ver o público descendo a rua para visitar a Feira e depois de comprar sua cerveja ou seu café, sentar-se em frente aos prédios, na escada e na calçada para curtir a tarde de domingo. São Paulo, como todos que habitam essa cidade, tem carência de espaços públicos para que as pessoas possam ter lazer com os amigos ou junto com a família. E mesmo diante de todo o concreto da região, a Circus Vintage Fair conseguiu o seu objetivo, reunir diferentes tribos para confraternizar, socializar, ouvir uma boa música, encontrar produtos de qualidade, sem a pressão para o consumo que rege os estabelecimentos comerciais nessa época do ano.

Rodrigo Lima, proprietário do Circus e idealizador da Feira, avaliou que o evento foi extremamente positivo. Quando esteve em Londres e viu as feiras vintage que acontecem em várias partes da cidade, sentiu vontade de realizar algo semelhante, reunindo empreendedores de São Paulo e gente que trabalha com o vintage. “O Circus é um multiespaço e  sua estratégia vai muito além da área de beleza. Nossos clientes chegam aqui com referências e interesses variados e é natural que possamos seguir essa tendência de atuar em várias áreas, claro sem perder o foco. A Feira Vintage é uma dessas estratégias. Já temos um brechó e ter um evento ligado à moda  fez mais sentido ainda.”

Mais de 300 pessoas passaram pelo local, que contou com os seguintes expositores: Circus Hair; Minha avó tinha; Peça Única; Toca da Cathy e Yes, Please! As lojas de vinil: Banca do Nilson; Big Papa; Cesar Guisser; Felipe Silva;  Milla Discos; Sebossauro e Sensorial e o sebo de quadrinhos:  Emporio HQ . A participação especial ficou por conta do Espresso arte (café); Have a nice beer (cerveja); Crystees (camisetas) e Um tal de brigadeiro.

A programação musical também foi das boas e contou com os DJs Anderson Ramos, Hugo Seppi e Celso Tavares (Alberta#3). Eu também arrisquei nas pickups, tocando com vinil e tudo e foi muito legal!! Será que eu deixo o jornalismo para virar DJ? (brincadeirinha, gente!). E para completar teve show da Blubell, cantora paulista que já se apresentou no Lollapalooza nesse ano e mandou super bem com sua voz de diva e canções de jazz.

Um dos momentos mais lindos foi quando a galera embalou na música do Hugo Seppi e fez da Feira uma pista de dança, tudo no improviso e no melhor alto astral!!! É assim que a gente gosta!

E para finalizar…quem estava lá viu a performance da Luciana Faria e seu baú de histórias e memórias. Luciana é contorcionista e fez uma apresentação linda, emocional, delicada. Fiquei com vontade de chorar!!! Depois ela me disse que essa performance toca especialmente as mulheres, talvez por tratar de lembranças, infância, enfim…

Em 2013 o Circus pretende realizar mais edições de sua Feira Vintage!!

Anúncios