Dove e o aplicativo da “beleza real”

Aplicativo da Dove

Aplicativo da Dove

Circulou ontem na Internet a notícia sobre uma campanha criativa da Dove com os diretores de arte e designers responsáveis pelo retoque de imagens. A marca divulgou um arquivo em sites especializados que prometia aplicar um efeito especial nas fotos, com apenas um clique.  Depois que os profissionais da área faziam diversas modificações na imagem e clicavam no tal aplicativo, a imagem voltava ao estado original e trazia a seguinte mensagem: “Não manipule nossas percepções de beleza real“. O trabalho, então, poderia ser recuperado, mas o recado já havia sido dado para aqueles que fazem uso “abusivo” das ferramentas do Photoshop.

Sem entrar no mérito de que a Dove é da Unilever e de que a empresa ainda tem muitos dilemas a enfrentar  no que se refere ao desenvolvimento sustentável, gostei muito da campanha. No meu ponto de vista, foi uma ação criativa, simples e que dialoga com tudo o que a marca vem fazendo nos últimos tempos. Muito diferente do que vi no tal “Teste de Estresse” da Nivea em que as imagens das pessoas aparecem em jornais e na televisão como criminosas para promover uma linha para combater o suor e o estresse. Após assistir ao vídeo, fiquei com aquela sensação duvidosa, entre o inovador e o mau gosto, mas não consegui conectar esse posicionamento agressivo com a identidade da Nivea.

Já no caso da Dove, acredito que exista uma unidade nesse posicionamento. Vejam campanhas anteriores:

Dove cria aplicativo que substitui propaganda negativa 

size_590_

Campanhas pela “beleza real”

dove1 dove3 dove4

 

Dove e as mulheres reais

Dove_dg213-2005_tcm95-106352

 

E, vocês, gostaram da ação?

Anúncios